quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Marcas














As "All-Stars" que usas
São lindas ficam-te a matar
Não sei se já as pagaste
Ou ainda estás a pagar
As calças da "Gucci"
Ficam-te de morrer
A malta toda olha
Todos gostam de te ver
O relógio da "Swatch"
Tem uma cor de amar
Bebe mais um shot
Vê as horas a passar
Sorrís ao borracho do lado
Mostra a etiqueta do blusão
Cobiça teu peito perfumado
Mostra a chave do carrão
A musica pum, pum, vibra
Na coluna ao teu lado
Ele sussura algo
Tu mostras um sorriso ensaiado
Com desculpas partes
Para outra etiqueta qualquer
Que possa levantar teu ego
Que possa fazer-te sentir mulher
Mostra a etiqueta da calça
"Marlboro" ou outra marca assim
O men é meio foleiro
Não tem etiqueta para mim
Comprou os óculos na feira custóias
São uma reles imitação
Não usa jóias
Nem tem apresentação
Trocámos uns olhares
O telemóvel dele é banal
Nunca o poderás amar
Pois não é um metrosexual


(Henrique Mário Soares)

1 comentário:

ancar-fotos disse...

Ola gostei do seu poema e do blog também.