domingo, 15 de novembro de 2009

Discoteca - Lá Lá Lá

Quem se lembra de C.C.D. (Centro Comercial Dallas) e das suas discotecas ?
Recordo com "especial" saudade o "Lá Lá Lá" que ficava na ala-norte do centro comercial.
De decoração simples, era frequentada por "tribos" de jovens que iam a esta discoteca para dar largas há irreverência, dançar até não poder mais e curtir boa musica.
Num sábado, podiamos ver por lá todo o tipo de "tribos" que existiram nos anos 80, desde "Punks" a "Rockabillys", passando por Metaleiros, Darks e Góticos.
De tudo um pouco aparecia nesta casa, e de vez em quando, no calor de uma musica mais "intensa" desatava a confusão na pista de dança, mas as "escaramuças" eram rápidamente serenadas e tudo voltava ao normal.
O "Lá Lá Lá" era UNICO e ESPECTACULAR...


24 comentários:

Su M. disse...

E o café fantastico que havia no centro... Houve uma vez que tentamos ir a ums dessas discotecas, mas como o Dallas era labirintico perdemo-nos e fomos entrar num bar com musica porreira, mas onde só havia gente de cor... Sentimo-nos tão mal que nem chegamos a entrar, fugimos a sete pés. E havia também um bar com musica ao vivo, já nem me lembro do nome. Que saudades!

Henrique Mário Soares disse...

O bar onde entraram era junto á discoteca COQUEIRO. Realmente o C.C.Dallas era confuso, só quem conhecia bem é que se desenrrascava lá dentro. Eu parei lá bastante tempo e conhecia os labirintos como as palmas da minha mão, mas confesso que nas primeiras vezes foi um pouco confuso. Só não entendo o porquê de vocês se terem sentido mal porque havia gente de cor... afinal NEGROS,AMARELOS,VERMELHOS,BRANCOS e todas as outras raças SÃO TODOS HUMANOS e a confusão só existe nas nossas cabeças.
Eu convivo "na boa" com todos pois gente de má criação há em todas as raças.
O meu lema é
TODOS DIFERENTES / TODOS IGUAIS.

Su M. disse...

Pois eu também, mas nem imaginas a cara deles quando nos viram a porta... Fomos recebidos tipo ET's, e um deles ate se aventurou com um "deve ser para o bar ali ao lado"... E o outro era Splash???

Henrique Mário Soares disse...

Splash, julgo que sim pelo que me é dado recordar.
Bons tempos...

Eric Blair disse...

Metaleiros não havia por lá. De resto todas as outras tribos por lá pararam. Foi o meu bar/discoteca de sempre. AInda hoje me lembro de todos os seus cantos, e encantos. Conheci-o e acompanhei-o do nascimento até à morte.

Henrique Mário Soares disse...

Boas,Eric Blair!
Obrigado pela correcção.
E como as distâncias se tornaram tão curtas nos dias de hoje. Sempre vai aparecendo malta que esteve nos mesmos sítios que nós, mas que nunca conhecemos, nem tão pouco falámos, ou será que falámos... Também depois de alguns absintos ja só queria era curtir.
Grande casa que saudades e que sorte a tua por teres estado todo esse tempo ligado a ela
Um forte abraço

André Dias disse...

Recordo-me também de uma discoteca que também existia em guimarães e agora ao escrever estas palavras lembrei-me!!!
Penha Porto.

Bons tempos

afonso disse...

Bem...
Neste sitio com o Pedro Feijó a por música, aconteceu de tudo...
Quando digo tudo quer dizer tudo mesmo...
Todos os sábados durante 2 ou 3 anos...
Bons Tempos...esses...

Eric Blair disse...

eu, psychobilly, me acuso. Uma correcção: não havia metaleiros.

Unknown disse...

Granda disco....começava ao sábado à tarde,sábado à noite e Domingo à tarde sempre a bombar..pessoal a andar em cima das colunas ao som de cramps,ramones,straycats....seguranças a carimbar cartoes na casa de banho...nunca mais houve outra igual...

Henrique Mário Soares disse...

podes crer amigo. sem duvidas o nosso tempo foi fantástico e vivido intensamente e esta "disco" era mesmo de "loucos" Adorei...

Rui Santos Silva disse...

Corroboro as correcções: não havia metaleiros, tampouco punks. Havia um ou outro gótico, nomeadamente um famoso sósia do Robert Smith que tinha o notável hábito de ir à casa de banho espetar o cabelo com sabonete, o que para nós Billys, consumidores de brilhantina, gel, laca, etc, era um exercício digno de registo :). O espaço era dominado essencialmente por psychobillys e skin-heads (que tinham "aliança tribal", digamos), por rockabillys (o meu caso - Billy não-sulista/não-confederado) que queriam era rock & namoradas, e não tínhamos problemas com outras tribos, e finalmente a "betada" dos primórdios do acid-house.
Já agora, quem punha as "escaramuças" na ordem era o inevitável e porreiraço Cipriano (que também fazia a porta do Nabuco. Isso e as famosas carimbadelas nas costas das mãos para controlar as reentradas de quem queria ir apanhar ar (O espaço era pequeno, estava sempre apinhado, e suava-se bem lá dentro).
Já agora, um grupo do facebook e/ou fotos desses tempos era algo interessante.
Tempos da minha adolescência mais precoce e das maluqueiras próprias da idade. :)
Cumprimentos à minha geração.

Henrique Mário Soares disse...

uma vez mais amigo Rui, um obrigado por esta correcção. Este espaço foi unico na cidade do Porto e é bom saber que muitos de nós curtiram á grande nesta disco. Hoje as coisas são bem diferentes do "nosso tempo" onde as amizades eram feitas olhos-nos-olhos. Fotos amigo infelizmente não tenho, como sabes no nosso tempo não dispunhamos das tecnologias que estas novas gerações tem agora á mão, mas que fomos felizes no nosso tempo aí isso fomos e disso nenhum de nós tem duvidas. Fabulosos anos 80/90 que nós vivemos. Um abraço a todos.

AAMC Associação dos Artistas do Marco de Canaveses disse...

Não sei se sabem ou até já pertencem mas foi criado um grupo Lá Lá Lá no FB http://www.facebook.com/groups/333976576678195/

Pedro Silva disse...

um convite para quem conheceu o Lá Lá Lá.... festa à porta fechada. preciso tocar à campainha..
https://www.facebook.com/events/252193358229820/...
abraço

alfredo fernando ferreira Silva disse...

cambada de ignorantes! fui a inauguraçao do lalala, do coqueiro e trabalhei no penha porto. o dallas era aquele mundo...

alfredo silva

Henrique Mário Soares disse...

Alfredo, companheiro não á necessidade de chamar ignorantes a toda a malta. Julgo que todos nós vivemos a mesma época, é prefeitamente normal que um ou outro pormenor nos escape e eu sou dos primeiros a assumir essas falhas, mas julgo que exageras ao insultar toda a malta que comentou este meu post. Um forte abraço para tí e volta sempre que desejares.

alfredo fernando ferreira Silva disse...

Pois exagerei... Continuem a divertir-se. Estes espaços eram essencialmente um conjunto de mentalidades arrojadas e irreverentes. Nao as deixem morrer. Abraço com o meu perdao a todos. Divirtam-se.

João Fera disse...

Para quem quer recordar estes tempos e reecontrar alguns amigos...

https://www.facebook.com/events/764309533694584/?notif_t=plan_user_joined

João Fera disse...

Para quem quer recordar estes tempos e reecontrar alguns amigos...

https://www.facebook.com/events/764309533694584/?notif_t=plan_user_joined

luisFF disse...

...e todas as semanas se partia uma sanita...e o rapaz que servia as beers tinha tanto anel que mal os dedos se viam....e walk this way ...e beasty boys...e more more more

luis filipe silva disse...

Não se esqueçam dos Psychobillys eu era um verdadeiro Psychobilly com uns dos cabelos mais fora eu , o Kuweit e muitos outros, tenho muitas muitas mas muitas saudades do Lá Lá Lá e não só, dos problemas com os metaleiros . O Tozé Cult , muito bom :)

Susana Alves disse...

Fantástico!!!
Nabucco, Lá-lá-lá e as várias ondas!
Nem vou referir nomes...sei-os de cor!!!

luis filipe silva disse...

Vi um comentário mais acima já de 2012 a dizer que não havia metaleiros, é mentira, mais para o fim do Nabucco, paravam lá vários metaleiros no shoping, não em nenhuma destas discos. Tanto que chegou a haver uma famosa batalha campal entre metaleiros vs psychobillys e skinhead´s na avenida da boavista . Quando o penha porto abriu , foi o fim de tudo , o fim das tribos no Dallas . Ainda sobrou o Bacalhau mas não era igual , apesar de eu lá ir todos os dias e gostar muito ...... :)