domingo, 31 de janeiro de 2010

31 Janeiro

A contribuição da cidade do Porto para a vitória da República, no nosso País, ficou assinalada com o movimento de 31 Janeiro de 1891
VIVA A REPÚBLICA
VIVA PORTUGAL

1 comentário:

Jose Soares (cobrabtt) disse...

É bem verdade, foi aqui que nasceu o ideal republicano. O puro, o verdadeiro. Foi aqui nesta magnifica cidade "tripeira" que um punhado de homens de barba rija, deram a sua vida em prol de um ideal revolucionário. Morreram muitos naquela rua que os saudosistas ainda continuam a chamar de Stº António, mas que os que defendem o verdadeiro ideal Republicano chamam de 31 de Janeiro em homenagem aos muitos cidadaos civis e a muitos cidadaos militares que deram a sua vida por um ideal que sabiam que era bem melhor que a monarquia que na altura grassava. Mas agora pergunto-me, os politicos que neste Domingo se pavonearam na nossa cidade comungam dos ideais republicanos? Acho que não e só posso afirmar que o que eles aqui vieram fazer foi pavonear-se nas grandes maquinas de 4 rodas que todos nós pagamos, nas almoçaradas e no passeio dos seus grandes fatos "armandi", isto para não falar dos seus ricos seguranças todos de fatos iguais e de oculos escuros, só lhe faltando os chapeus dos anos sessenta para mais parecerem PIDES. A unica coisa que te posso afirmar é que o ideal revolucionário dos Republicanos morreu com estes politicozinhos, pois o ideal republicano dizia servir a NAÇAO e não servir-se da NAÇAO, coisa que faz esta trupe que diz que esta a governar o Pais para ele ser mais moderno e mais solidario. Será que é como eles dizem? Acho que não, num País que esta permanentemente em crise dá dó ver tanto inutel a pavonear-se com "fatos" e "carros" e a auferir grandes salarios pedindo aos outros que apertem o cinto para se poder resolver a celebre "crise" que eles criaram. Por isso afirmo, os ideais dos Republicanos foram todos postos no lixo, pois os que foram ao cemiterio e que muitas palavras deitaram da boca para fora, andam a servir-se da NAÇAO.
Teu Irmao
Ze manel