sexta-feira, 31 de outubro de 2008

BTTsolitário-Raid dos Medronhos - P.N.P.Gêres Out.2008

No fim-de-semana passado, lá fomos para mais um passeio pelos trilhos do sempre magnifico P.N.P.Gêres. Outubro é mês de contrastes e de cores. Das castanhas e dos medronhos, do cheiro a lenha a arder nas lareiras.
Ficámos instalados no já bem conhecido Parque de Campismo de Cerdeira. O dia estava lindo, e um sol maravilhoso brilhava, curtimos a tarde conversando ao som do cantar dos pássaros e deixámos o tempo, correr saboreando o calor Outonal.


















Á noite fomos jantar á Vila do Gêres, foi agradável e bem servido, regado por um verde tinto da região e de boa qualidade. Depois de um bom café voltámos ao Parque de Campismo de Cerdeira. Ficámos uns tempos á conversa na agradável sala de convivio, e por volta das 22.30h lá nos retirámos para a nossa tenda para cairmos nos "braços do morfeu" pois o Domingo prometia e havia que levantar cedo.
Pelas 08.30h já estávamos fora da tenda, o frio apertava e a temperatura marcava 7º graus. No bar do Parque de Campismo, tomámos um pequeno almoço retemperador, depois já bem alimentados e devidamente agasalhados fizemo-nos á estrada.




















Após a saída do Parque de Campismo, faz-se cerca de 400/500 mts. em asfalto, para logo a seguir se virar á direita para um estradão em terra batida (antiga Geira-Romana). Este estradão segue sempre junto á Barragem de Vilarinho de Furnas e a paisagem é de cortar a respiração. O trilho é fácil e para os mais experientes convida a pedalar a todo o gás, (existe uma alternativa que é ao sair do Parque de Campismo virar á esquerda, aí cerca de 100 mts. virar novamente á esquerda, para se entrar num trilho mais técnico e mais exigente que nos levará monte acima para mais tarde ligarmos novamente á Geira-Romana).
Mas voltemos ao estradão, segue-se calmamente saboreando o ar puro, a paisagem é magnifica e rápidamente chegamos aos antigos "Viveiros das Trutas".

















































Aqui vira-se á esquerda (ponte estreita de madeira) e segue-se em frente num singletrack em direcção á antiga "Casa Abrigo do Académico" actualmente em ruínas. Nos anos 70 foi um marco histórico no "Movimento Campista Português", onde eu e meus irmãos passámos bons tempos acampando com meus pais e restantes associados do Académico do Porto.

















































Um pouco á frente aparecem os "Miliários" marcos da presença Romana por estas bandas.
Segue-se sempre em frente até aparecer o "Rio-Homem". Aqui há que pegar na nossa querida Bike e atravessar o rio a pé. Normalmente nos meses de Primavera/Verão o caudal é baixo e dá para ir pedra-sobre-pedra, mas nos meses de Outono/Inverno o caudal sobe um pouco e há que molhar os pés.















Logo após a travessia do Rio Homem, segue-se novamente em singletrack, este ligeiramente a subir até á "Portela do Homem". Irão aparecer as antigas casas dos "Guardas-Florestais", infelizmente também elas actualmente em ruínas, após as casas surgem duas alternativas, esquerda/direita.
Esquerda; trilho técnico com algumas partes impraticáveis e que termina numa subida curta e ingreme de terra solta que dificulta a progressão, obrigando que se suba esta ultima parte com a Bike á mão até á Portela-do-Homem/Fronteira Portugal-Espanha.
Direita; trilho plano e de fácil progressão que sobe ligeiramente na parte final num empedrado que dá acesso á estrada em asfalto que atravessa a Mata de Albergaria e que nos levará até á Portela-do-Homem/Fronteira Portugal-Espanha.
A volta faz-se pela estrada da Mata da Albergaria até se encontrar a descida á direita "Leonte/Viveiros-das-Trutas, depois é sempre em frente de novo pelo estradão até ao "Parque de Campismo de Cerdeira".
Este é um passeio calmo onde pode participar toda a familia pois a dificuldade é mínima, mas a beleza e a paisagem são sem igual.
No verão não vir embora sem tomar um bom banho nas várias Lagoas Naturais que aparecerão pelo caminho.
Boas pedaladas, apreciem a paisagem, divirtam-se e RESPEITEM A NATUREZA.

































































































2 comentários:

Jose Soares (cobrabtt) disse...

Ola Irmão
Como não podia deixar de ser, aqui está um passeio que convida a fazer. Pelas magnificas fotos que apresentas assim como descreves o passeio, deve dar gosto. Claro que se o for fazer tenho de ir, com a minha malta, mas de certeza que os pessoal vai quer faze-lo pela parte mais dificel. Se po acaso o formos fazer eu convido-te. Como o pessoal esta com ideias a ir fazer o XURES EXTREME, talvez seja uma boa ideia a malta tentar fazer um treininho no PNG, claro que só lá mais para a Primavera/Verão, já que os dias nessa altura são mais longos e dá para fazermos tudo num só dia. Continuação de bons passeios e continua a treinar. Teu Irmao Zé manuel

eu disse...

Que loucura de fotos e que parque maravilhoso. Não te sabia escritor e estou deliciada a conhecer-te e ao teu blogue maravilhoso. Um beijinho. Martini