terça-feira, 11 de outubro de 2011

BTTSolitário - Voltas de Domingo - "A pedalar pela fresquinha"

O Outono já chegou, mas as temperaturas mais parecem de Verão, o que é óptimo para quem gosta de praticar desporto ao ar livre.
Muitas estações já passaram sobre esta "carcaça meio enrugada", e sinceramente não sei se está mais calor este ano, ou se esteve noutro.
Especialistas na matéria dizem que sim, dizem que o clima em Portugal (e não só...) está a mudar, e que num futuro bem próximo teremos só duas estações. Pela parte que me toca prefiro o tempo como está, pois é mais agradável pedalar com bom tempo do que com frio e chuva.
Recentemente tenho-o feito mais cedo do que o habitual, aproveitando o fresco da manhã, para desta forma evitar as horas de maior calor. Mas como o que é bom não dura sempre, sei que este tempo mais tarde ou mais cedo vai mudar, e já me estou a mentalizar para as saídas em dias de frio e chuva.
Nada que já não tenha feito pois a sensação de liberdade, o prazer de sentir o ar batendo no rosto e a possibilidade de apreciar a paisagem pedalando calmamente, são momentos únicos que só a bicicleta nos proporciona, e é por tudo isto que a bicicleta é:
UM VEICULO MOVIDO A PAIXÃO.
     

P.S. Parar é morrer...  

2 comentários:

Jose Soares (cobrabtt) disse...

Pois é. Na verdade temos dado umas voltinhas (pequenas, cerca de 30 Km) aos domingos. Ainda este Domingo passado 09/10/2011, pedalamos, até Angeiras. Tempo bom, calorzinho, ainda praias com muita malta a apanhar sol, mas o BTT não é desporto de calor, mas sim de frio e chuva, esse é o verdadeiro BTT (claro que esse tempo só detiora o material, que por sinal está cada vez mais caro), mas tanto gosto de passeios com bom tempo como com mau tempo. O que interessa é PEDALAR, pela companhia, por tentar mater a forma fisica, ou até por saúde. Mas que vale a pena vale. espero continuar a Pedalar contigo e com o resto da malta que normalmente faz estes celebres passeios domingueiros aqui na zona, isto que perdure por muitos anos. Assim o espero e o desejo.

Henrique Mário Soares disse...

Eu também. Espero que a malta continue a pedalar durante muitos anos e que as nossas "meninas" durem muito. Isto claro com uns "tratamentos" de tempos em tempos pois o material não dura sempre.
Um abraço e boas pedaladas